Pular para o conteúdo principal

Arvore

Ainda em sonho ou talvez ja acordada, parecia que estava  em um lugar surreal; Debaixo daquela arvore... tinha magia e paz. Realmente tinha ficado em extase. A arvore era linda o vento que corria por entre meus cabelos era suave. Estava no palacio de historia.
O palacio onde muitos riram e choraram. Quantos poetas, assim como eu, ja não tiveram ali a descrever esse lugar de tanta beleza ? A sombra daquela arvore me permitia sonhar...
Imaginei o encontro da pequena poeta e o misterioso Menino  a descrever aquele lugar.
Estou em um misto de elegria e paz.
As palavras não descrevem mais.. Estou feliz!
Com a  arvore, o palacio e ter conhecido o doce rapáz.


Prosa minha, e dedico ao meu querido e sempre amigo Chico



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Morena

Essa morena amanheceu cinza
As lagrimas caem timidamente
O brilho que a esquenta se mostra pesistente ao horizonte
Essa morena cabôcla
Cheia de sonhos ,
Cheia de  sede.
O norte tem a essencia de cabocla, uma muié guerreira, uma menina feliz
Essa morena amanheceu cinza, mais nunca perderá seu brilho.

A noite

Em silêncio a Poeta tenta dormir mais o sono não vêm...
Na cama o travesseiro conselheiro sem palavras pra lhe dar, num caderninho os pensamentos querendo gritar.
Gritar com sua poesia
Hoje faço poesia, como quem chora a perda de um amor
Hoje faço poesia, como quem grita por saudades
Hoje faço poesia, pra quem só tem tristeza pra falar Faço poesia pra aliviar minha dor Faço poesia justamente pra aquelas pessoas que não sabem que rumo tomar Faço essa poesia pra dizer que não estou
Faço um silêncio em respeito
Respeito por tudo que acabou!




Citações de Elisa Maia e coisas de Menina muié

O pensador e ela

Ele sentia o calor que vinha dela
Ele jamais esqueceu a pontinha do pé
Ele beijava o corpo dela...
E tudo que se ouvia era uma melodia singela.
E, Ela?
Gritava seu amor da janela.
gritava um gemido rouco
e seu corpo desfalecia aos poucos
Ele sentia o calor que vinha dela
E ela, gozava de prazer na janela.