Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Menina de 12

E dançava tão bela que fiquei emocionada  Era livre, doce e feliz Dançava como nunca mais tinha visto  Uma postura que se destacava 
Uma tal de alegria que se impõe. Menina pequena.. 12 ela tem, disse sua avó com alegria  Me deixou feliz e inspirou a minha poesia


Dança doce bailarina.

Nada a declarar

Minha vontade é tão clara que dá medo. Mais te querer tanto, nao faz mal.
Te querer tanto faz bem... Alimenta minha alma Minha essencia de Menina mulher

Doce menino..

Eu sou tão menina...
Mais a mulher que tem em mim.. grita
Eu sou tão menina...
Mais o proibido me chama
Eu sou tão menina...
Mais teu desejo me puxa..
Eu sou tão menina...
Mais a vontade de te beijar é quem fala mais alto
Eu sou tão menina...
Mais quero me arder no seu fogo.

o tempo faz agente se querer mais..

Eu quero poder gritar o desejo da minha pele


Sou Menina,sou mulher,sou selvagem

Sou você!!

Não ter você

Não ter  você  Me doi o peito Minha esperança é perdida 
Choro sua partida 


Não ter você 

                              O medo tomou conta de mim...



                                                                    Não ter você...
Fiquei com saudades de mim.



Ps: Dedico ao homem-menino que não se mostra.

Minha Realidade é outra.

Basta sonhar...

Minha poesia

Não farei mais poemas.. Não direi mais palavras sobre pessoas. Não serei boba, ou ponto  de achar que posso descrever alguem.
Não farei...










O poeta quando expressa sua alma, fica nú, sem proteção.







Não farei...





Se eu não puder morrer, ressuscitar, rodopiar, gozar, para mim não é poesia, é prisão.                                                                                                                                (Frase Camila Senna)

Gente do bem

Pule e voe meu doce grilo. Essa  vida é assim.. Viva e construa seu mundo.. Mais deixe pra mim.. um cantinho no seu coração.

Gosto da tua vontade de viver, crescer e aprender com as pessoas. Gosto da tua inteligência que prova sua personalidade. Gosto de saber que tenho amigo como você
Voe,pule e seja muito feliz  Cultive saber a realidade de cada um.
Nao sei  o que faço pra merecer. Ja que sou  somente uma poeta a lhe descrever.

A chuva

Eu gosto quando chove,                                               a chuva me traz lembranças boas..
                    Gosto de sentir o cheiro da terra molhada.


                                                                           Gosto do frio aconchegante que ela traz.

                                               Eu sinto a energia que tem cada pingo..

                                                                                              Eu sinto o cheiro de boas novas..


     Eu sinto a terra feliz..                                                                               eu gosto quando chove...




                              por que ..
                                                              C
                                                            h     h                                                           o         o                                                         v            v                                                      e             …

A menina e o poeta

Se o vento pudesse falar, lhe faria perguntas. Explicaria algumas respostas, E contaria as mesmas velhas historias.
Poderia contar contos que criei, As tristezas que musiquei... Até aquele amor que nem sei se encontrarei.

Se o vento pudesse falar..
Ia contar minhas estripulias, Ia contar meus devaneios. Cê ia descobrir meus receios..

Se o vento pudesse falar,

Eu estaria perdida...
O poeta gritou:

O vento nao pode falar!
Ufa..

Assim a poesia  me relatou.. Como um retrato em preto e branco, Onde o tempo coloca as cores na hora certa.

O Poeta

O poeta não nasceu pra ser feliz.. Vive de sonhos e ilusões Vive de aventuras e paixões Ele não nasceu pra ser feliz  Porem.. Sabe descrever a felicidade
Sabe falar de amor de verdade Sabe fazer nascer a paz
Pois ele retrata o amor em tudo que faz. Pobre poeta  Ele é como um sino, convidando a todos  Mesmo assim continua sozinho É como um cantar dos passarinhos engaiolados.. que mesmo sendo belo, é um canto de tristeza. Porem não se importa, Não se desespera, E pela eterna esperança vive ... O poeta é como o sol e a lua, quando um falta  o outro atua. E quando nao tem mais felicidade  CRIA SEU AMOR DE VERDADE.

Ritmo e Poesia

Preciso Gritar Tenho necessidade  Necessidade de entender pra onde é que essa galera ta caminhando? Necessidade de buscar meu ponto de equilíbrio.
O que é que a mídia ta fazendo com "seus produtinhos"
Meus pés estão no chão. Meu Deus quanta preocupação. Preciso de sonhos com pitadas de realidades, preciso de realidade com camadas leves de sonhos... Será que vou acordar e ver que tudo isso foi em vão?
NÃO!! A parte boa dessa história é que posso reconhecer os meus, conhecer a cada dia um pouco do Brasil que até então nao conhecia.
 Uma gente bonita, cheia de sonhos. Um certo voo do Carapanã que nem a minha diminuta inteligência poderia conhecer.
A parte boa foi descobri que do sumo da cana eu posso extrair cultura, como um só Fino abala minhas estruturas.
Hoje eu posso dizer que meu preconceito era bobo. e nem me deixava entrever que existe uma cultura linda pra explorar.
Meu conhecimento nao acaba por aqui, nao!!
Estou descobrindo sonhos (...) uma vontade de crescer que enxergo ne…

Meu guia

Eu sou guiada pelo vento...


                                             Guiada pela liberdade ...



                                                                                       Como passarinhos, livres.. a cantar.
                                                     Vivo livre... 


                                 vivo solta...



Vivo!!



Livre

Minha poesia fala de amor..                                               fala de vida..                                                                                                                      fala de vontades... Minha poesia fala de luxuria,                          desejos incontroláveis..


Minha poesia GRITA!!



                                 instiga Minha poesia é livre.

Desejos

Mais saiba que eu estou em você.. timidamente.. Você é a volúpia de um desejo incontrolável Vejo poesia em cada palavra de desejo, que poderia escrever.. para você Não somente.. palavras.. " quero te comer" Vejo poesia quando digo minhas juras imorais quando sinto.. vontade de lamber,chupar,gozar.. te rasgando com a fúria dos animais.. Mais também.. vejo que você .. não gosta muito da minha forma de expressar o desejo que dedico a você
é uma pena...