Pular para o conteúdo principal

Eu soul

Uma nega nascida de la..
Uma menina  com muito a falar
Uma mulher que teima em chorar
Com ele escrevi  "Nossa paixão"
Com aquele fui doce como mel
Com  pretinho fui a ponte pro ceu
Eu sou...
O ritmo da minha poesia
A que busca alegria
Ja compus Moço de Sussu
Poetizei a historia de um Dum dum
Fui 'EU' como o moço da camisa quadriculada
Eu li-dias
Ja fui até desejada
Mais hoje perdi toda alegria
Perdi o que era meu inspirador
E hoje, sou so uma poeta com um tanto de dor
Uma muié menina
Que conta um verso que acabou.

Comentários

Postar um comentário

Se aprochêgue, seu comentario faz de mim a poeta feliz.
Beijos de cá

Postagens mais visitadas deste blog

O pensador e ela

Ele sentia o calor que vinha dela
Ele jamais esqueceu a pontinha do pé
Ele beijava o corpo dela...
E tudo que se ouvia era uma melodia singela.
E, Ela?
Gritava seu amor da janela.
gritava um gemido rouco
e seu corpo desfalecia aos poucos
Ele sentia o calor que vinha dela
E ela, gozava de prazer na janela.

#tamojunto

Com o tempo, a vida vai mostrando que caminho a seguir. Com o tempo, agente sempre descobre que eles são (seres iluminados) Com o tempo respeita-se mais que ama, porque o amor vem com respeito.
Se fores capaz de sentir o que digo...                                                           vai saber que bobo mesmo foi o tempo que perdemos




Dedico esse poema a meu amigo Chico

Nada e tao belo

Perco-me nas horas
Buscando coragem
Procuro as flores mais lindas...
(...) ainda sim nada e tão belo
Desenho sonhos,
Procuro razão para as cores
Ainda sim, nada e tão belo
Festejo esse dia com os pássaros a cantar
Mais ainda sim nada e tão belo
Beleza eu só encontro no brilho do teu olhar

Já compus serenatas
Sorri com a alegria das crianças
Mais nada atingiu a beleza do teu olhar

Nesse dia tão feliz, que nasceu você minha flor de Liz
Não encontrei nada mais tão belo que pudesse te presentear

Então lhe trago meus versos
e misturo com a beleza do teu olhar.